Central de Emergência 0800 117 2020 0800 117 2020 [email protected] Escolha seu país:

Destaque para as temáticas de economia verde e descarbonização

Equipe redação

Por Equipe de Redação
Publicado em 15 de dezembro de 2023

No dia 01 de dezembro foi lançado o plano estratégico do INMETRO 2024-2027, destaque para as temáticas de economia verde e descarbonização e para a presença internacional do órgão.

O Plano Estratégico é como um guia importante para o Inmetro. Ele mostra o que o Inmetro quer alcançar e como planeja fazer isso.

Durante o processo de planejamento, foram analisadas a atuação do Inmetro e a expectativa de partes interessadas. Ao final, foram estabelecidos dezesseis objetivos estratégicos. Alguns desses objetivos visam a tornar o Inmetro mais útil para o público, enquanto outros lidam com problemas internos que afetam a capacidade do Inmetro de realizar seu trabalho.

A premissa do Inmetro é ser mais valioso para todos, resolver problemas internos e continuar cumprindo sua missão.

Saiba quais são os 16 objetivos estratégicos do Inmetro para 2024-2027:

1. Atender as demandas por rastreabilidade metrológica adequadas às necessidades presentes e futuras;
2. Estruturar o relacionamento com o setor produtivo para apoio à inovação;
3. Promover soluções para apoio à Economia Verde, Descarbonização e Indústria de Base Biotecnológica;
4. Ampliar a interação com o setor produtivo nos assuntos relacionados à superação de barreiras técnicas;
5. Consolidar a inserção internacional do Inmetro como referência em Infraestrutura da Qualidade;
6. Fortalecer a educação para a infraestrutura da qualidade;
7. Modernizar o controle metrológico legal;
8. Ampliar a capacidade de atendimento da acreditação;
9. Promover a avaliação da conformidade no país, inclusive com enfoque regional;
10. Aprimorar a atuação regulatória do Inmetro para produtos e serviços no âmbito das competências legais;
11. Recuperar a abrangência e a cobertura territorial da vigilância de mercado;
12. Aprimorar a gestão e governança com foco no alinhamento às políticas públicas;
13. Tornar o Inmetro mais atrativo para captar e reter servidores;
14. Fortalecer a imagem do Inmetro no seu papel de apoio tecnológico às organizações;
15. Aprofundar a transformação digital com foco na integração e portabilidade de sistemas;
16. Fortalecer a infraestrutura básica para garantir o funcionamento do Campus de Xerém.

Destacam-se alguns dos objetivos diretamente relacionados os negócios de certificação verde e de representatividade internacional do INMETRO.

Abaixo descrevemos um pouco mais alguns dos objetivos:

  • ATENDER AS DEMANDAS POR RASTREABILIDADE METROLÓGICA ADEQUADAS ÀS NECESSIDADES PRESENTES E FUTURAS

A realização plena da proposta de valor público do provimento da rastreabilidade metrológica implica que o Inmetro consiga fornecer os serviços de rastreabilidade metrológica adequados ao perfil e nível de desenvolvimento da economia brasileira. Uma economia mais diversificada e desenvolvida demandará mais serviços de rastreabilidade, exigindo, portanto, mais eficácia de seu Instituto Nacional de Metrologia (INM).

  • ESTRUTURAR O RELACIONAMENTO COM O SETOR PRODUTIVO PARA APOIO À INOVAÇÃO

O Inmetro é o INM brasileiro e uma Instituição de Ciência e Tecnologia com infraestrutura laboratorial diversificada, tem mão de obra qualificada e expertise em elaboração de normas e regulamentos técnicos, o que pode ser um diferencial importante para as empresas que buscam desenvolver produtos em conformidade com requisitos técnicos mais exigentes. É preciso, portanto, atuar no sentido de desenvolver mais projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (P,D&I) no Inmetro financiados pelo capital privado.

  • PROMOVER SOLUÇÕES PARA APOIO À ECONOMIA VERDE, DESCARBONIZAÇÃO E INDÚSTRIA DE BASE BIOTECNOLÓGICA

Os temas da economia verde, bioindústria e descarbonização permeiam a nova política industrial, estando também representados na ideia de “neoindustrialização”, o termo chave para a significação da política. Nesse contexto, torna-se ainda mais relevante atuar em iniciativas que estejam alinhadas com tais temas, aproveitando das competências do Inmetro em tecnologia metrológica e elaboração de normas e regulamentos técnicos.

 O INMETRO pretende investir em sua agenda regulatória considerando temas relacionados à Economia Verde deverá incorporar práticas inovadoras, padrões sustentáveis e referências internacionais, com o intuito de impulsionar uma produção e consumo responsáveis e alinhados aos princípios de sustentabilidade no Brasil.

Ações detalhadas envolvidas:  Publicação da Portaria PBE transversal. Viabilização de Assessoria para Órgãos de Governo para o desenvolvimento de Programas de Avaliação da Conformidade na temática. Criação de um grupo de trabalho para o desenvolvimento de um Programa de Avaliação da Conformidade para Selos Regionais, com critérios de sustentabilidade, após revisão da agenda regulatória. Prazo: 01/2024 até 12/2025.

  • CONSOLIDAR A INSERÇÃO INTERNACIONAL DO INMETRO COMO REFERÊNCIA EM INFRAESTRUTURA DA QUALIDADE

No Brasil, o Inmetro tem papel fundamental no que diz respeito à disseminação da rastreabilidade metrológica e informações sobre barreiras técnicas, seja no que diz respeito à cadeia de avaliação da conformidade no relacionamento comercial com outros países. Por esse motivo, o Inmetro é signatário de diversos acordos de reconhecimento mútuo internacionais, e ponto focal no Acordo de Barreiras Técnicas ao Comércio (Acordo TBT) e representante brasileiro em vários fóruns internacionais de comércio exterior. No entanto, é preciso garantir que a participação do Inmetro nesse processo seja mantida, ou mesmo reforçada.

Ações envolvidas:

  • Relatórios anuais de monitoramento das atividades internacionais do Inmetro. Participação Organização Internacional de Metrologia Legal (OIML). Participação BIPM. Participação Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Prazo: 01/2024 até 12/2027.
  • Manutenção do Acordo com o Instituto Alemão de Metrologia. Participação no Diálogo Comercial Brasil-EUA. Estabelecimento de cooperação técnica com Instituto de Metrologia do Paraguai. Estabelecimento de cooperação técnica com Instituto de Metrologia de Cabo Verde. Prazo: 01/2024 até 12/2027.
Compartilhe
CALCULAR CO₂

Solicite sua proposta

Nossos analistas comerciais estão prontos para ajudar sua empresa com as melhores soluções ambientais.







    250